Casal ferido em Boston ganha casamento de contos de fadas

Casal ferido em Boston ganha casamento de contos de fadas

Rebekah Gregory e Pete DiMartino, que ficaram gravemente feridos depois do atentado a bomba em abril de 2013.

Em 15 de abril de 2013, Rebekah Gregory e Pete DiMartino estavam esperando os amigos cruzarem a linha de chegada da Maratona de Boston quando duas bombas estouraram bem próximo a eles, matando três pessoas e ferindo outras 264. Rebekah e Pete fazem parte da estatística.

A norte-americana do Texas quebrou quase todos os ossos dos pés e das pernas ao pular em cima do filho para protegê-lo da explosão. Até hoje ela precisa da ajuda de uma cadeira de rodas e de muletas para se locomover. DiMartino perdeu 90% de um tendão do pé direito, quebrou um osso do calcanhar e teve um tímpano estourado. Os gastos com médicos e hospitais obrigaram o casal a adiar o maior sonho de suas vidas: o casamento.

Pete havia feito o pedido em outubro do ano passado, mas a falta de dinheiro os obrigou a colocar a recuperação física dos dois em primeiro lugar. Na última semana, ao tomar conhecimento da história de amor, um site de organização de casamentos chamdo The Knot ofereceu uma cerimônia completa, com a participação do público. Os internautas votarão no modelo de vestido que Rebekah usará, o salão onde será realizada a festa e até o destino da lua de mel. Todas as despesas ficarão por conta da página eletrônica.

?A gente se deu conta de que poderia não ter sobrevivido àquele dia. E eu não queria ficar mais um dia longe desse cara. Mostrar para as pessoas que coisas horríveis podem se transformar em boas é uma bênção?, disse Rebekah a uma TV local. "Eu não sei se vou conseguir subir ao altar a pé, mas iria de qualquer jeito para ficar com Pete, o amor da minha vida", completou.

Fonte: Marie Clarie