Chefe de cartel de drogas no México é morto por palhaço em festa infantil

Arellano, mais conhecido como El Pelón (O Careca), foi assassinado a tiros por um homem que trabalhava como palhaço em uma festa infantil

Francisco Rafael Arellano Félix, barão de um cartel que comandou o tráfico de drogas em Tijuana (México), foi morto na última sexta-feira de forma insólita. Arellano, mais conhecido como El Pelón (O Careca), foi assassinado a tiros por um homem que trabalhava como palhaço em uma festa infantil que reunia a família da vítima em um resort em Cabo de San Lucas (Baixa Califórnia, México), de acordo com a agência AP.


Chefe de cartel de drogas no México é  morto por palhaço em festa infantil

Arellano levou um tiro no tórax e outro na cabeça, segundo informações da polícia local. O motivo do crime ainda é desconhecido.

El Pelón foi preso por tráfico de drogas em agosto de 1980, na cidade americana de San Diego. Após pagar fiança, Arellano fugiu para o México. O traficante foi preso novamente em 1993 e extraditado aos EUA, onde cumpriu seis anos de prisão. Em 2008, o mexicano foi repatriado por bom comportamento.

Desde então, Arellano estava longe dos holofotes. O cartel, bastante enfraquecido, agora domina apenas uma pequena área na fronteira entre México e EUA. Os negócios da família são comandados por uma irmã e um filho de El Pelón.

Fonte: Page Not Fond