Chineses criam ovelha transgênica com gordura do bem

Chineses criam ovelha transgênica com gordura do bem

Gene retirado de verme foi inserido na célula usada para fazer o clone

Cientistas chineses anunciaram nesta terça-feira (24) a clonagem de uma ovelha contendo gordura poli-insaturada, um tipo de gordura ?boa? normalmente presente em castanhas, peixes e verduras, mas não em ovelhas. A mais conhecida destas gorduras é o ômega 3, que ajuda a regular os níveis de colesterol.

A criação do animal transgênico contribuiria para uma dieta mais saudável, já que sua carne representaria um menor risco para as doenças cardiovasculares.

Para que a ovelha tivesse este gordura poli-insaturada, foi usado um gene retirado de um verme da espécie Caenorhabditis elegans. O gene foi inserido em uma célula da orelha de uma ovelha. Em seguida, esta célula foi usada para fertilizar um óvulo e colocada no útero de outra ovelha, onde foi gerada.

Peng Peng nasceu no dia 26 de março, pesando 5,74 kg, em um laboratório na cidade de Urumqi, no oeste da China. ?Está crescendo muito bem e está muito saudável, como uma ovelha normal?, garantiu Du Yutao, do Instituto de Genômica de Pequim, líder da equipe de pesquisa.

Transgênicos

Com 22% da população mundial, mas apenas 7% da área cultivável, a China investe pesado nas alterações genéticas como uma forma de melhorar sua produção de alimentos. No entanto, os animais transgênicos ainda são uma novidade e levarão alguns anos para chegar aos mercados.

?O governo chinês incentiva projetos transgênicos, mas precisamos ter métodos e resultados melhores para provar que plantas e animais transgênicos são inofensivos e seguros para o consumo?, completou Du Yutao.

O principal produtor mundial de transgênicos são os Estados Unidos, onde o consumo de alimentos clonados já é permitido. A regulamentação americana não distingue animais de vegetais, e um projeto de salmão transgênico já está em trâmite e pode ser aprovado em breve no país.

Fonte: G1