Conheça a história do frango que viveu 18 meses sem cabeça

Fazendo decapitou um frango, mas ele vivem por mais de 1 ano

Image title


Há 70 anos, um fazendeiro decapitou um frango no Colorado, Estados Unidos, mas uma coisa curiosa aconteceu: a ave 'se recusou' a morrer. Mike, como ficou conhecido o fatídico frango, sobreviveu por 18 meses e se tornou famoso. Mas como ele viveu sem a cabeça por tanto tempo?

Em 10 de setembro de 1945, Lloyd Olsen e sua esposa Clara estavam matando frangos na fazenda da família em Fruita, no Estado de Colorado."Eles chegaram ao fim do dia e um frango ainda estava vivo e andando para lá e para cá", conta o bisneto do casal, Troy Waters, que também é um fazendeiro em Fruita. O frango saiu correndo e não parou mais.Eles o deixaram pela noite em uma caixa de maçãs e, quando Lloyd Olsen levantou na manhã seguinte, foi checar o que havia acontecido. "O maldito frango ainda estava vivo", disse Waters."Virou parte da história esquisita da nossa família", conta Christa Waters, a esposa de Troy.

Waters ouviu a história quando era pequeno, após seu bisavô ter ido morar na casa de sua família. Ele já não podia mais sair da cama e, como o quarto dele era logo ao lado do de Waters, o menino ouvia muitas histórias do velhinho antes de dormir."Ele levou os restos do frango para vender no mercado de carne", conta o bisneto."Pegou o frango decapitado - e, naquela época, ainda usava uma carroça como meio de transporte - levou-o na bagagem e começou a apostar com as pessoas que tinha um frango sem cabeça valendo uma cerveja ou alguma outra coisa."A conversa se espalhou pela cidade sobre o "milagroso frango sem cabeça".

O jornal local enviou um repórter para entrevistar Olsen e duas semanas depois, um produtor de um espetáculo chamado Hope Wade viajou quase 500 km de Salt Lake City para encontrar o 'dono do frango sem cabeça'. Ele tinha uma proposta simples: levar o frango para o espetáculo - e eles ganhariam um dinheiro com isso."Naquela época, década de 1940, eles tinham uma pequena fazenda e passavam dificuldades. Isso os motivou a aceitar a proposta", explica Waters.

Final trágico

Primeiro, eles visitaram Salt Lake City e a Universidade de Utah, onde o frango foi submetido a uma bateria de testes. Existem relatos de que cientistas da universidade removeram por meio de cirurgia as cabeças de vários outros frangos para verem se algum deles iria sobreviver.

Foi aí que a revista "Life Magazine" descobriu a história de Mike, "o milagroso frango sem cabeça", como chamou Hope Wade no espetáculo. Dali em diante, Lloyd, Clara e Mike rodaram os Estados Unidos.Foram para Califórnia e Arizona, e Hope Wade levou Mike ao sudeste dos Estados Unidos, quando os Olsen tiveram de voltar para a fazenda para recolher a colheita.As viagens de Mike foram documentadas cuidadosamente por Clara em um caderno que Waters tem até hoje.

Fonte: Com informações: UOL