Conservador David Cameron é o novo primeiro-ministro

Conservador David Cameron é o novo primeiro-ministro

Oposição toma o poder mesmo sem eleger maioria absoluta de membros do Parlamento

O líder conservador David Cameron, foi nomeado para o cargo de primeiro-ministro do Reino Unido após a renúncia do trabalhista Gordon Brown

O líder do Partido Conservador, David Cameron, é o novo primeiro-ministro do Reino Unido. Ele assume o cargo em coalizão com o Partido Liberal-Democrata de Nick Clegg, após aceitar o convite formal feito pela rainha Elizabeth 2ª nesta terça-feira (11). Mais cedo, o primeiro-ministro trabalhista Gordon Brown renunciou ao cargo.

Cameron já fez o anúncio oficial aceitando a chefia de governo em frente à residência do governo, em Downing Street, 10.

Os conservadores sobem ao poder mesmo sem ter conseguido eleger, na última quinta-feira (6), os 326 membros do Parlamento necessários para obter uma maioria absoluta no Parlamento britânico.O partido obteve 306 assentos, contra 258 do Partido Trabalhista.

Os liberais-democratas, liderados liderado por Nick Clegg, elegeram 57 parlamentares e se tornaram o fiel da balança para a formação do novo governo britânico.

Gordon Brown renunciou nesta terça-feira ao seu posto de líder do Partido Trabalhista, o que na prática significa também que ele deixa de ser o chefe de governo do país. A decisão abriu caminho para a nomeação de David Cameron.

A renúncia de Gordon Brown marca o fim de uma era de 13 anos em que o Reino Unido foi governado pelos trabalhistas. O partido subiu ao poder em maio de 1997, com o então jovem e popular Tony Blair, antecessor de Brown e que ficou no poder por pouco mais de dez anos.

Blair perdeu sua popularidade principalmente por causa do apoio dado ao presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, na guerra do Iraque. Brown, que era ministro das Finanças de Blair, assumiu a liderança do partido e o cargo de primeiro-ministro, que ocupou até a tarde desta terça-feira.

Fonte: r7