Criança de três anos se tranca em armário por 30 horas após ver pai morto com 19 tiros nos EUA

Criança de três anos se tranca em armário por 30 horas após ver pai morto com 19 tiros nos EUA

Menina foi encontrada depois de perder voo e família suspeitar de que algo havia acontecido

Uma menina de apenas três anos ficou trancada durante 30 horas em um apartamento na Filadélfia, Estados Unidos, após tentar "acordar" seu pai, que havia sido baleado e morto nas escadas do prédio onde moravam, no último dia 16.

De acordo com a polícia e membros da família, Armone Stanley foi atingido 19 vezes em uma troca de tiros nas escadas do edifício.

Eloise Bryant, a mãe Stanley, disse que a criança, identificada apenas como Aryana, desceu as escadas e se deparou com o corpo ensanguentado do pai. Como não conseguia ?acordá-lo?, a menina voltou ao apartamento e se trancou em um armário.

?Meu pai estava dormindo e eu desci [as escadas] para acordá-lo. Mas ele não acordava?, contou Aryana à polícia, segundo informações do jornal americano New York Daily News.

A avó da menina contou ainda que Stanley carregava uma mala da criança no momento em que foi baleado. Ele estaria se preparando para levar a filha ao aeroporto, onde ela pegaria um avião para o sul da Flórida e voltaria para a casa da mãe.

Quando perceberam que a menina havia perdido o voo, familiares suspeitaram de que algo estava errado e telefonaram para o proprietário do pequeno prédio onde moravam três famílias.

O dono se dirigiu ao local e encontrou o corpo de Stanley.

?Por que ninguém desceu as escadas e o viu deitado lá??, disse Eloise, que não consegue entender por que o corpo do filho demorou tanto para ser encontrado.

? Ele ficou lá o dia inteiro e a noite inteira, e minha neta estava dentro do armário com fome.

A família declarou ainda que Stanley havia sido preso pelo roubo de um anel, mas que ele estava tentando mudar de vida quando foi morto.

A polícia ainda não deteve nenhum suspeito, mas continua a investigar o caso.


Criança de três anos se tranca em armário por 30 horas após ver pai morto com 19 tiros

Fonte: r7