Policial chama mulher de prostituta e pedófila e vai preso

Policial chama mulher de prostituta e pedófila e vai preso

Em relatos à polícia, Brooks disse estar muito surpresa por seu algoz ser um homem da lei.

O policial Lee Rimell foi preso na Inglaterra acusado de difamar uma mulher pelo Facebook. O caso ganhou notoriedade há cerca de três meses, quando Nicola Brookes, conseguiu uma ordem judicial que obrigou a rede social a divulgar pela primeira vez informações de seus usuários, com o objetivo de encontrar as pessoas que a atacaram.

Ela começou a ser hostilizada após demonstrar solidariedade a um participante de reality show que estava sendo atacado na rede.

Através de contas falsas, os ?trolls? (como são conhecidos os que hostilizam outros usuários na Internet) começaram então a enviar mensagens abusivas que incluíam até ameaças de morte e acusações de pedofilia.

Após ter conseguido na justiça o direito de ter revelados os nomes dos usuários que a difamaram na rede de Mark Zuckerberg, a polícia identificou e prendeu Lee Rimell, um policial da cidade de Birmingham. Segundo as autoridades, ele também está possivelmente ligado à invasão do computador de Brooks e o hackeamento de sua conta de e-mail.

Em relatos à polícia, Brooks disse estar muito surpresa por seu algoz ser um homem da lei, mas sente-se aliviada pelas autoridades terem finalmente feito alguma coisa sobre o caso. ?Minha vida foi arruinada por muito tempo. É nojento, nada mais me surpreende?, acrescentou.

Fonte: Tech Tudo