Elenco de Glee faz homenagem a Cory, que foi encontrado morto

Elenco de Glee faz homenagem a Cory, que foi encontrado morto

Ator foi encontrado morto no último sábado (13)

- O elenco de "Glee" utilizou a internet na madrugada deste domingo (13), para prestar uma homenagem ao amigo Cory Monteith.

O astro da série musical foi encontrado morto no último sábado (13), dentro de um quarto de hotel em Vancouver, Canadá.

O intérprete de Finn tinha 31 anos e namorada a colega de trabalho Lea Michele (Rachel Berry).

Lea Michele soube da morte de Cory Monteith por telefone, diz site


Elenco de Glee faz homenagem a Cory Monteith, que foi achado morto

Lea Michele, namorada de Cory Monteith, soube da morte do ator por telefone, segundo informações do site "Showbiz Spy". "Lea caiu em lágrimas. Cory era o mundo para ela. Eles passaram por muitas coisas juntos", disse uma fonte do site.

. Assista a uma cena de Lea Michele e Cory Monteith em "Glee"

O representante da atriz enviou um comunicado à imprensa na manhã deste domingo, 14, pedindo solidariedade com o momento difícil que Lea atravessa. "Pedimos gentilmente que respeitem a privacidade de Lea", diz o documento.

Cory Monteith, o Finn Hudson da série teen "Glee", foi encontrado morto em um quarto do hotel Pacific Rim, em Vancouver, no Canadá, na noite de sábado, 13. Ele tinha 31 anos. Ainda não se sabe o motivo da morte, que foi confirmada pela polícia através de uma coletiva de imprensa.

Ainda de acordo com o site "Showbiz Spy", os atores tinham terminado o namoro recentemente. Lea teria viajado para o México com amigos, enquanto Cory teria ido para o Canadá, onde nasceu, para se recuperar do fim do relacionamento.

"Eles viajaram para lugares diferentes nas férias para colocar os pensamentos em ordem. Lea vai amar Cory para sempre, mas a pressão de lidar com um viciado era grande", contou uma fonte do site.

Bebê estava nos planos de Lea

Segundo a publicação, Lea Michele queria engravidar do namorado e começar a construir uma família com ele. Por isso, a atriz o encorajou a dar entrada em uma clínica de reabilitação no início do ano. "Lea queria que Cory ficasse saudável pelo seu próprio bem-estar, mas ela também queria ficar grávida. Ela acreditava que Cory era o cara e achava que ele seria um pai maravilhoso", disse uma fonte do site.

Fonte: msn