Em 48 horas, dois jornalistas são espancados

Eles escreviam sobre a construção de estradas próximo a Moscou.

Um repórter de um jornal da periferia de Moscou foi agredido na segunda-feira (8), doius dias depois que outro jornalista da cidade foi golpeado na cabeça e nos membros em um ataque brutal, que foi flagrado em vídeo e causou comoção nacional.

Os motivos dos dois ataques ainda não foram determinados, mas os dois haviam escrito reportagens sobre os esforços para impedir empreiteiros de derrubar árvores próximo à capital russa para construir estradas.

Além disso, um oposicionista que tentava proteger a floresta de Khimki também foi atacado na semana passada e sofreu uma fratura no crânio.

A construção de rodovias é considerada um dos setores mais corruptos da Rússia, oferecendo grandes margens de lucro para empresários e funcionários envolvidos. Jornalistas e ativistas denunciam a situação.

A polícia do subúrbio moscovita de Zhukovsky disse que está investigando o ataque contra o jornalista Anatoly Adamchuk, ocorrido quando ele saía da redação. Ele está hospitalizado.

O outro jornalista agredido, Oleg Kashin, foi agredido com tamanha violência que está em coma induzido, com ferimento na cabeça, mandíbula deslocada e uma perna quebrada.

O presidente russo, Dimitri Medvedev, ordenou às autoridades que descubram e punam os autores.

Fonte: g1, www.g1.com.br