Em 'assalto de cinema', ladrões levam R$ 18 milhões em joias na França

Os assaltantes foram presos pouco antes de completarem a transação de venda das joias roubadas.


Na madrugada desta quarta-feira (11) dois furgões blindados com cerca de 9 milhões de euros em joias (mais de 18 milhões de reais) foram assaltados por um grupo de indivíduos armados, em um pedágio da estrada francesa A6, na altura da cidade de Avallon, no centro do país.

A procuradoria de Auxerre, responsável investigação, não ofereceu detalhes da ação, mas ressaltou que não houve vítimas durante o assalto. A emissora Europe 1, que conversou com um dos motoristas dos furgões, informou que os assaltantes estavam mascarados e armados, mas não dispararam nenhuma vez durante o roubo das joias.

Segundo a descrição, cerca de quinze homens participaram da ação, que foi descrita como "profissional" e "assalto de cinema". O grupo de assaltantes fugiu em quatro veículos que desapareceram na estrada que liga Lyon a Paris rumo à capital francesa, segundo a emissora BFM TV. As forças de segurança encontraram carbonizados os automóveis que foram utilizados na fuga.

Com apoio aéreo, a polícia está realizando buscas no local do assalto e nas localidades próximas para tentar localizar os assaltantes. A imprensa francesa informou que a carga de joias tem seguro e que é impossível revender legalmente as peças no mercado, pois são catalogadas e seriam facilmente descobertas pelas autoridades.

As joias, no entanto, podem ser revendidas a altos preços no mercado negro na Europa e em outras regiões. O roubo desta quarta, ainda que bem menor, foi comparado em ousadia ao assalto mais espetacular nos últimos anos na França. Em 2008, assaltantes disfarçados de mulheres entraram na joalheria de luxo Harry Winston em Paris e levaram mais de 85 milhões de euros (255 milhões de reais) em joias.

No ano seguinte, os assaltantes foram presos pouco antes de completarem a transação de venda das joias roubadas.

Fonte: Veja