Esposa destroi gabinete do presidente francês após traição com atriz; prejuízo de R$ 10 milhões

Esposa destroi gabinete do presidente francês após traição com atriz; prejuízo de R$ 10 milhões

O último capítulo das reações de Valerie ao escândalo rendeu um grande prejuízo

Valerie Trierweiler, esposa do presidente francês, François Hollande, ganhou da imprensa local o apelido de Rottweiler. Volta e meia surgem relatos de possíveis manifestações de fúria da primeira-dama, de 48 anos, após a revelação de que o marido, de 59, teria um caso extraconjugal com a atriz Julie Gayet, de 41.

O último capítulo das reações de Valerie ao escândalo rendeu um grande prejuízo, de acordo com reportagem do "Daily Mail". Após tomar conhecimento da suposta traição, a primeira-dama aliviou a sua ira destruindo o escritório de Hollande. Os danos foram calculados em cerca de R$ 10 milhões.

Entre os objetos destruídos estariam um vaso de porcelana do período do reinado de Luís XVI. O governo negou o prejuízo.

Depois de passar oito dias internada em um hospital público por causa de estresse, de acordo com a versão oficial, Valerie está reclusa na luxuosa residência presidencial de Versalhes. De acordo com a CNN, ela deverá deixar a reclusão para viajar à Índia. Julie, por sua vez, refugiou-se na confortável propriedade rural dos pais em Gers, no sudoeste da França.

Fonte: O Globo