EUA executam acusado de homicídio que havia pedido para ser morto

EUA executam acusado de homicídio que havia pedido para ser morto

Eric Robert, 50, recebeu uma injeção letal às 22h desta segunda (20h horário de Brasília)

Um homem acusado de ter cometido um homicídio há cerca de um ano foi executado no Estado da Dakota do Sul, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira (15). De acordo com autoridades locais, ele mesmo solicitou que fosse condenado à morte.

Eric Robert, 50, recebeu uma injeção letal às 22h desta segunda (20h horário de Brasília). Ele não quis recorrer da sentença de morte.

Em abril de 2011, ele matou o agente penitenciário Ronald Johnson com golpes de cano de ferro ao tentar fugir do Centro Penitenciário Estatal de Dakota do Sul. O detento cumpria pena de 80 anos de prisão por sequestro.

O advogado do preso, Mark Kadi, contou ao jornal local "The Argus Leader" que Eric Robert comeu pela última vez no sábado (13) à noite e fez jejum voluntário por motivos religiosos durante as 40 horas que antecederam sua morte.

A execução foi a primeira realizada no Estado da Dakota do Sul em cinco anos. Os Estados Unidos executaram de janeiro até agora 32 presos.

Fonte: UOL