EUA tem mais 2 mil voos cancelados por causa da neve

Nordeste norte-americano foi a região mais afetada pelo mau tempo.

Nevascas na Costa Leste dos Estados Unidos geraram o cancelamento de mais de 2 mil voos no país. Nova York amanheceu com os aeroportos de JKF, La Guardia e Newark Liberty, os maiores da cidade, fechados.

O fechamento deve durar pelo menos até as 19h, segundo a Administração Federal de Aviação.

O Serviço Nacional de Meteorologia (NWS, na sigla em inglês) afirmou que as nevascas devem continuar nesta segunda-feira (27).

A neve também interditou rodovias interestaduais e linhas de trem. É a pior nevasca nos Estados Unidos desde fevereiro, quando o fenômeno paralisou estados da costa do Atlântico, porém não afetou a cidade de Nova York.

Cerca de 2,5 mil funcionários da prefeitura de Nova York foram chamados para retirar o excesso de neve das ruas da cidade. Os ventos chegaram até 80 km/h, e a altura da neve chegou a meio metro em alguns locais.

Os estados de Nova Jersey, Maryland, Carolina de Norte e Virgínia estão em estado de emergência. Já Nova York, Filadélfia e Boston declararam estado de emergência de neve, pedindo aos moradores que evitassem as vias urbanas e restringindo o estacionamento nas ruas. Ao todo, são 12 estados paralisados na costa leste.



A neve chega após o término do Natal, com passageiros sendo prejudicados ao tentarem realizar viagens de retorno ou mesmo se preparar para passar a virada de ano em outras localidades no país.

Segundo as autoridades norte-americanas, quase 2,75 milhões de pessoas devem viajar entre o período de Natal e Ano Novo, um aumento de 2,8% em relação ao ano de 2009 - com 2,67 milhões de turistas.

Fonte: g1, www.g1.com.br