Ex-motorista da BBC indiciado no caso Savile é encontrado morto

Ex-motorista da BBC indiciado no caso Savile é encontrado morto

David Smith apareceu morto em casa um dia antes de seu julgamento.

David Smith, ex-motorista da BBC e primeiro indiciado na investigação sobre os crimes sexuais cometidos pelo apresentador Jimmy Savile, foi encontrado morto em sua casa na segunda-feira, véspera de seu julgamento.

Smith, 66 anos, havia recebido cinco acusações, incluindo "atentado ao pudor em uma criança de menos de 14 anos" e "sodomia em um menor 16 anos", em atos cometidos em 1984.

O ex-motorista deveria comparecer a um tribunal londrino na segunda-feira. Como não apareceu no horário previsto, a polícia seguiu a sua casa em Lewisham, ao sudeste de Londres, onde encontrou o corpo de Smith.

Uma necropsia está em curso para estabelecer a causa da morte.

David Smith, que seria julgado a partir desta terça-feira, era um dos motoristas de Jimmy Savile, acusado de ter cometido centenas de agressões sexuais e estupros em menores de idade durante 50 anos, com total impunidade.

Os crimes foram revelados depois da morte do apresentador, em outubro de 2011, graças a uma ampla investigação jornalística.

O escândalo provocou uma onda de detenções de personalidades da mesma geração, suspeitos de crimes similares.

Fonte: G1