Explosão deixa ao menos 32 palestinos feridos

Exército de Israel disse que não realizou nenhuma ofensiva na região.

Ao menos 32 palestinos ficaram feridos na madrugada desta segunda-feira (2) após uma explosão de origem desconhecida em um campo de refugiados em Deir Al Balah, ao Sul da cidade de Gaza, segundo informações das agências internacionais.

Segundo a France Presse (AFP), o atentado ocorreu nas proximidades da casa onde vive Alaa Danaf, um líder ativista do movimento Hamas. Ainda de acordo com a agência, apenas uma mulher sofreu ferimentos graves.

Membros do serviço de segurança do Hamas atribuíram o ataque ao Exército de Israel. Um porta-voz militar israelita, no entanto, disse à agência de notícias France Presse que as forças armadas do país não realizaram nenhuma ofensiva.

Fonte: g1, www.g1.com.br