Atentados em Bagdá deixaram 36 pessoas mortas e 77 feridos

Uma fonte da polícia iraquiana afirmou à agência EFE que entre as vítimas há seis agentes de segurança mortos e outros 12 feridos

Pelo menos 36 pessoas morreram e 77 ficaram feridas no duplo atentado ocorrido na noite de quinta-feira no norte de Bagdá, segundo os últimos números divulgados nesta sexta-feira pelas Forças de Segurança iraquianas.

Uma fonte da polícia iraquiana afirmou à agência EFE que entre as vítimas há seis agentes de segurança mortos e outros 12 feridos.

A princípio, foram contabilizados 13 mortos e 45 feridos, mas estes números não eram exatos porque as vítimas tiveram que ser internadas em hospitais, o que dificultou a apuração, acrescentou a fonte.

Na quinta-feira, duas bombas explodiram na praça Sabah al Jayat, na região de Al Shaab, localizada no norte da capital iraquiana, o que também deixou diversos carros destruídos. Outros dois atentados mataram três pessoas na província de Diyala, no leste do país.

Um grupo armado atacou com metralhadoras uma família de quatro pessoas na localidade de Al Saedya, 60 km ao norte de Baquba, capital de Diyala, matando pai e filho, e ferindo gravemente a mãe e a filha.

Além disso, outra pessoa foi assassinada próximo de casa, na zona de Al Qatun, no oeste de Baquba, 65 quilômetros ao nordeste de Bagdá. Segundo a fonte, as forças de segurança prenderam um dos supostos envolvidos no crime.

Fonte: Terra, www.terra.com.br