Fêmeas de orangotango estão sendo usadas como escravas sexuais e prostitutas na Ásia

As fêmeas de orangotango estão sofrendo com intenso tráfico de animais pela Ásia, vendidas para proporcionar prazer sexual

As fêmeas de orangotango estão sofrendo com intenso tráfico de animais pela Ásia, vendidas para proporcionar prazer sexual.


Não é nada incomum encontrar fêmeas da espécie acorrentadas ou amarradas com cordas em vários países da Ásia. O motivo de tamanha crueldade é o fato de que elas estão sendo usadas como prostitutas, e sofrem abusos severos, às vezes diariamente.

Um dos casos mais famosos ocorreu em 2012 quando a Pony – uma fêmea de orangotango – foi resgatada pela Borneo Orangutan Survival (BOS), uma organização não governamental especializada em resgatar animais vítimas do abuso. Ela estava amarrada na cama, sem pelos, de banho tomado, com batons nos lábios e muito perfume.

Pony sofria abusos diários. Ficava sempre à disposição dos frequentadores de uma casa de prostituição no centro de Bornéu, território da Indonésia. Não havia limites para o abuso, e os clientes podiam “usá-la” como quisessem.

A veterinária da ONG BOS, Karmele Llano, afirmou que em alguns países asiáticos, especialmente em localidades pequenas, a prática de usar orangotangos fêmeas como prostitutas é bastante comum.

Para quem pensa que foi fácil resgatar Pony do bordel, está muito enganado. Mais de 30 policiais foram necessários para invadir o estabelecimento. Karmele comentou ainda que todos foram ameaçados com facas pelos proprietários.

Após o resgate, Pony foi morar em uma ilha chamada Bangamat, onde está socializada com mais 6 indivíduos da espécie que sofreram os mesmos abusos. O local é uma das três ilhas que a ONG usa para reintegrar animais vítimas de prostituição à natureza. Outros animais que também sofreram com tráfico ou maus tratos se recuperam nestes locais.

De acordo com relatos da BOS, os traficantes de animais matam as mães para pegar os filhotes. Após selecionar as fêmeas, elas são levadas e “cuidadas” até que atinjam idade para trabalharem em locais diversos, que vão desde prostíbulos até casas de shows eróticos.

Nos últimos 60 anos, estima-se que a população de orangotangos no mundo foi reduzida à 50% e existem apenas 20.000 no planeta. A ONG estima que estes animais podem ser extintos nos próximos 10 anos se nenhuma ação efetiva for colocada em prática.


Clique aqui e curta o Meionorte.com no Facebook

Fonte: Info