Filme diz que "polvo vidente" morreu durante Copa do Mundo

Filme diz que "polvo vidente" morreu durante Copa do Mundo

O polvo ganhou fama durante a Copa do Mundo da África do Sul acertando resultados das partidas

A história da vida do polvo Paul, que ganhou fama durante a Copa do Mundo da África do Sul acertando resultados das partidas e se tornando um dos principais personagens do Mundial, será retratada em filme a ser lançado pela cineasta Jiang Xiao. Com o nome de "Quem matou o polvo Paul?", a obra vai mostrar a popularidade do molusco nos momentos decisivos do torneio, que teve transmissões ao vivo de suas "premonições" e vai até o dia de sua morte, que pretende levantar polêmica sobre a veracidade dos acontecimentos.

Em entrevista ao jornal inglês Guardian, Xiao afirma ter feito pesquisas que o permitem concluir que Paul morreu antes do término da Copa do Mundo, e não nesta terça-feira, como foi divulgado pelo aquário alemão Oberhausen Sea Life Center, onde vivia o animal. "Para o filme, nós fizemos muitas investigações e eu estou 60%, 70% certa de que Paul morreu em 9 de julho e os alemães estão encobrindo isso desde então".

Caso a cineasta esteja certa, o cefalópode parou de dar seus palpites certeiros dois dias antes da decisão do Mundial entre Holanda e Espanha, que teve os espanhóis como campeões, assim como já havia adiantado o animal. Outro acerto do "oráculo da Copa" e que teria sido feito por um "dublê" foi a decisão de terceiro lugar entre Uruguai e Alemanha, novamente adiantada por Paul ao escolher o pote com comida que tinha a bandeira alemã.

Questionada pelo jornal como o aquário poderia manter viva a farsa que ganhou o mundo na reta final da Copa da África do Sul, a cineasta justifica que os polvos "parecem todos iguais e é impossível saber a diferença". Xiao ainda deixa clara uma desconfiança aos alemães dizendo que, desde o início da produção, manteve contato com os profissionais que cuidavam de Paul. "Me pareceu que eles estavam com medo", disse.

Por outro lado, a possível farsa é prontamente negada pelos representantes do Oberhausen Sea Life Center, que insistem que Paul morreu na terça-feira, com dois anos e meio, idade média de um polvo. O porta-voz do aquário ainda deu mais detalhes ao Guardian: "teve uma morte simples e direta" e informou que a sensação da Copa será cremada no próximos dias, com suas cinzas colocadas em uma urna e exibidas em um santuário, junto com um retrato e vídeos de sua vida.

Além das apostas sobre o campeão e o terceiro lugar, Paul acertou o vencedor de outras seis partidas do Mundial: Alemanha x Austrália, Alemanha x Sérvia, Gana x Alemanha, Alemanha x Inglaterra, Argentina x Alemanha e Alemanha x Espanha. Questionada se o molusco chegou a fazer a previsão de sua própria morte, a cineasta Xiao brincou: "se ele fez, guardou para si mesmo".

Fonte: Terra, www.terra.com.br