Foto de Rihanna com primata ameaçado causa polêmica e 2 prisões

Dois jovens foram presos acusados de agenciar os animais para fotos.


Foto de Rihanna com primata ameaçado causa polêmica e 2 prisões na Tailândia

Uma foto da cantora pop Rihanna com um primata ameaçado de extinção na Tailândia provocou polêmica no país, com a prisão de dois jovens que teriam fornecido o animal para o instantâneo.

Rihanna, que aproveita na ilha de Phuket uma pausa em sua turnê mundial, publicou em suas contas no Instagram e no Twitter sua foto acompanhada de um lóris, um animal protegido por lei no país.

A foto, publicada na sexta-feira, foi acompanhada de uma legenda na qual ela comentava: "Olha quem está falando sacanagens para mim!".

A imagem imediatamente provocou polêmica no país. A lei tailandesa proíbe que alguém ofereça animais ameaçados para tirar fotos com turistas em troca de dinheiro.

As autoridades locais ordenaram então uma operação policial que terminou com a prisão de um adolescente de 16 anos e um homem de 20.

Dois animais foram encontrados com eles, confiscados e levados para o parque nacional Ao Phang Nga, no sul do país.

"É muito difícil fazer operações policiais, porque os agenciadores dos animais têm espiões. Se alguém ouve que a polícia está chegando, há alguém que avisa os agenciadores e eles deixam o local", comentou o chefe dos patrulheiros florestais da região, Awat Nithikul, ao jornal local The Phuket News.

Segundo ele, o caso com Rihanna foi considerado de alta prioridade, pela repercussão provocada com a foto da pop star. "Este é um caso grande, porque pode afetar a reputação da Tailândia", afirmou.

A foto foi vista por mais de 200 mil fãs da cantora.

Fonte: G1