França retirará tropas do Afeganistão na mesma proporção

França retirará tropas do Afeganistão na mesma proporção

Poucas horas depois do anúncio do presidente americano, Barack Obama

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, anunciou nesta quinta-feira uma retirada de tropas do Afeganistão "de maneira proporcional e com um calendário comparável" ao dos Estados Unidos.

Poucas horas depois do anúncio do presidente americano, Barack Obama, Sarkozy explicou em comunicado que, "levando em conta os progressos registrados, a (França) iniciará uma retirada progressiva dos reforços enviados no Afeganistão de maneira proporcional e com um calendário comparável à retirada dos reforços americanos".

O chefe do Estado francês, que não deu números concretos, falou ontem por telefone com Obama antes deste divulgar seus planos de retirada. Sarkozy insistiu que seu país "seguirá plenamente comprometido com seus aliados junto ao povo afegão para levar até o fim o processo de transição".

Nesse sentido, lembrou que a transição das responsabilidades às autoridades afegãs no terreno da segurança continuará até 2014, de acordo com os objetivos fixados na cúpula da Otan realizada em novembro.

A França tem desdobrados no Afeganistão quatro mil militares e desde o começo da intervenção internacional, no final de 2001, perdeu no país asiático mais de 60 soldados, a maior parte em enfrentamentos na região de Kapisa, próxima à fronteira com o Paquistão.

Obama afirmou ontem que desde o próximo mês e até o fim do ano irá retirar 10 mil soldados do Afeganistão, enquanto 33 mil terão deixado o país até setembro de 2012.

Fonte: Terra, www.terra.com.br