Fundador do Megaupload é proibido de usar até internet

Kim "Dotcom" Schmitz tem diversas proibições em sua liberdade condicional –

Libertado na noite de terça-feira (21; horário de Brasília) após pagar fiança, o fundador do site Megaupload, Kim "Dotcom" Schmitz, tem diversas proibições em sua liberdade condicional ? principalmente para que ele não fuja enquanto aguarda o julgamento, que deve ser realizado em seis meses. Ele não ter helicóptero, não viajar a locais mais distantes que 80 km de sua casa na Nova Zelândia e, ironicamente, não pode usar a internet.

A corte do distrito de North Shore, na Nova Zelândia, autorizou a liberdade de Dotcom por entender que ele não oferecia risco de fuga. "Estou aliviado de ir para a casa ver minha família, minhas três crianças e minha esposa grávida", disse ao deixar a prisão Dotcom, que foi preso no dia 20 de janeiro em sua mansão na Nova Zelândia.

Paul Davison, advogado de defesa de Dotcom, protestou contra a proibição do acesso à web, segundo o jornal ?New Zealand Herald?. Davison alegou ser essencial que seu cliente use a web na preparação de sua defesa, pois alguns de seus advogados vivem em outros países. ?É como proibi-lo de usar o telefone, que é um meio fundamental de comunicação.?


Fundador do Megaupload é proibido de usar até internet

Fonte: UOL