Helicóptero da polícia cai em bar e deixa morto e feridos na Escócia

Helicóptero da polícia cai em bar e deixa morto e feridos na Escócia

Os trabalhos de resgate continuavam, e a polícia acreditava que o número de vítimas deve aumentar.

Um helicóptero da polícia caiu nesta sexta-feira (29) sobre um bar lotado na cidade de Glasgow, na Escócia, deixando um morto e 32 feridos hospitalizados, segundo a polícia.

Os trabalhos de resgate continuavam, e a polícia acreditava que o número de vítimas deve aumentar.

Fotos postadas nas redes sociais mostram o helicóptero escuro com inscrições em amarelo sobre o pub, o Clutha Vaults.

O helicóptero, um Eurocopter EC135 T2, caiu sobre o telhado do pub às 22h25 locais.

O aparelho transportava três pessoas, dois agentes da polícia e o piloto. Segundo os serviços de emergência, cerca de 100 pessoas assistiam a um show no pub.

Jim Murphy, parlamentar e porta-voz da Defesa, revelou que dirigia pelas ruas do bairro quando "em pouco segundos viu a queda de um helicóptero sobre um pub", o que deixou "vários feridos".

"É um pub conhecido de Glasgow. Foi horrível, mais acabou bem para as pessoas que estavam lá fora (no exterior do bar). Eles formaram uma corrente humana para sair do pub, e os bombeiros chegaram rapidamente", disse Murphy.

Fotos postadas nas redes sociais mostram um helicóptero escuro com inscrições em amarelo sobre o pub "Clutha".

"Não houve disparos ou qualquer explosão. Ele caiu como uma pedra", disse Gordon Smart, jornalista da edição escocesa do jornal The Sun.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, revelou no Twitter que seus "pensamentos estão com todos os afetados pelo acidente de helicóptero em Glasgow".

Grace MacLean, que estava no pub no momento do acidente, declarou à BBC que um grupo tocava no local para muitas pessoas quando ocorreu o impacto, "mas sem explosão".

"O grupo (musical) riu e brincamos que tinham provocado a queda do teto. Então seguiram tocando e o teto acabou cedendo, começaram a gritar e tudo se encheu de poeira. Não se via nada e não se podia respirar."

Fraser Gibson, de 34 anos, estava dentro do pub com seu irmão para ver sua antiga banda .

"Soou como uma explosão gigante ", disse ele à BBC Escócia. "Parte da sala estava coberta de poeira. Nós não sabíamos o que tinha acontecido. Nós congelamos por um segundo. Houve pânico e então as pessoas tentaram sair pela porta".



Fonte: G1