Heroína e champagne levaram à morte de ator de Glee em hotel, diz legista

Monteith foi encontrado morto em 13 de julho, no quarto de hotel


Heroína e champagne levaram à morte de ator de Glee, diz legista

A causa da morte do ator Cory Monteith, 31 anos, conhecido por atuar na série de TV Glee, foi a combinação do uso de heroína e ingestão de champanhe, informou o relatório final do legista, obtido e divulgado pelo site TMZ nesta quarta-feira (2). Monteith foi encontrado morto em 13 de julho, no quarto de hotel em que estava hospedado em Vancouver, no Canadá.

De acordo com a publicação, os oficiais que responderam ao chamado no hotel Fairmont Pacific Rim encontraram duas garrafas vazias de champanhe, copos e ?uma colher com resíduos da droga (heroína) e uma seringa hipodérmica usada?. O relatório informou que a causa oficial da morte de Monteith foi ?misturar drogas tóxicas, envolvendo o uso de heroína via intravenosa combinada com a ingestão de álcool?.

O legista ainda sugeriu que a tolerância do ator a substâncias tóxicas pode ter se tornado menor do que o normal, já que ele havia parado de usar drogas desde que passou pela reabilitação em abril deste ano. ?(Monteith) tinha um histórico de uso de drogas ilícitas, com períodos intermitentes de reabilitação e abstinência?, informou o relatório.

Anteriormente, o departamento de polícia de Vancouver divulgou que Monteith morreu por "misturar tóxicos, incluindo heroína e álcool", sem especificar detalhes.

Fonte: Terra