Homem amputa mãos e pés após membros apodrecerem devido uma gripe

O homem descobriu ter desenvolvido septicemia

O inlgês John Rushton, de 42 anos, foi atingido por um resfriado e  imaginou que tratava-se apenas de mais um simples caso de gripe. Em poucos dias ele desenvolveu uma pneumonia, mas o pior ainda estava por vir. Depois de ser levado ao hospital, o homem descobriu ter desenvolvido septicemia – infecção generalizada.

O vírus fez com que seus membros apodrecessem, enquanto sofria impotente em sua cama de hospital. Os médicos foram obrigados a agir rapidamente, amputando suas pernas, sua mão direita e os dedos de sua mão esquerda, para tentar evitar que a infecção tirasse sua vida.

O homem disse que os médicos alertaram sua família que ele não poderia se tratar em casa. Depois de desenvolver septicemia, os médicos colocaram Rushton em coma induzido por 10 dias. Enquanto ele estava inconsciente, sua infecção continuou matando o tecido de seus membros. Além disso, seus rins começaram a falhar.

"No início, eu só ficava negando a realidade dos fatos, mas com o passar do tempo, comecei a odiar os meus membros. Eles tinham entrado em decomposição, o cheiro de carne podre era demais, então eu sei que soa estranho, mas eu fiquei contente de perdê-los”, disse.

Rushton foi submetido a uma série de operações, em fevereiro, com uma semana de recuperação para cada uma. Ele já voltou para casa, com sua mulher e sua filha, e tem ambições de voltar ao trabalho.

Com seus rins funcionando bem, ele não requer diálise e está totalmente focado em sua reabilitação. As próteses que Rushton ajustou tiveram um custo de £ 100,000 (quase 500 mil reais). O dinheiro arrecadado também vai pagar por adaptações a casa da família. Rushton, atualmente, é incapaz de usar seu banheiro, que está no andar de cima da casa.


Image title

Fonte: Com informações do DailyMail