Homem é multado porque castrou cachorro do vizinho

Terrier teria "incomodado" três cachorros de raça; multa pela castração passou de R$ 1,5 mil.

Um homem que castrou o cachorro terrier de seu vizinho, depois que ele tentou cruzar com seus cães de raça, foi multado em mais de 700 euros (R$ 1.500) por um tribunal de Donegal, na Irlanda.

Eddie Flood, de 43 anos, usou um alicate e um anel de borracha, normalmente utilizados na castração de carneiros, nos testículos de Rusty, o cachorro de seu vizinho Frank McGettigan, segundo as descrições feitas durante o julgamento.

O animal teria ficado letárgico e doente por alguns dias, até que seu dono, incrédulo, percebeu que ele havia sido castrado. McGettingan teria até mencionado o incidente com Flood, que negou ter qualquer envolvimento no ataque.

"Praga"

Segundo a advogada de Flood, Rusty era "uma praga" para as cadelas e "nenhum cachorro estava seguro" com ele por perto.

Flood disse que o terrier andava livremente pela vizinhança e que teve que tirar o bicho de sua casa mais de 20 vezes. Ele tinha medo que o cão cruzasse com sua border collie.

Segundo ele, foi necessário trancar seus três cachorros em um abrigo de jardim por causa da presença constante de Rusty.

No entanto, Flood só admitiu ter castrado o cão após ser confrontado por um funcionário da Sociedade Irlandesa de Prevenção de Crueldade contra Animais.

A advogada dele afirmou ao tribunal que o anel castrador é comumente usado em carneiros e causa algum desconforto, mas disse que o incômodo causado pelo cão do vizinho justificava o ato.

McGettigan disse que decidiu dar Rusty para outra pessoa por temer por sua segurança.

Flood foi condenado a pagar 230 euros para cobrir os gastos do vizinho com veterinário e mais 500 euros como indenização.

Fonte: g1, www.g1.com.br