Homem de 65 anos processa médico por ter o pênis amputado

Homem de 65 anos processa médico por ter o pênis amputado

Enrique alega que o anestesista, Dr. Laurentiu Boeru não avaliou adequadamente os riscos dessa cirurgia

Enrique Milla, 65 anos, do Peru, está processando seu médico, Dr. Paul Perito, urologista, após uma infecção pós- cirúrgica que resultou na amputação do seu pênis.

Segundo o site ABC News, o senhor optou por um implante peniano em um hospital da Flórida, porém a cirurgia não teve sucesso. De acordo com Enrique, o médico roubou-lhe sua dignidade e hombridade.

Durante o julgamento sobre a negligência médica que, teve início nesta semana, Milla afirmou que os demais médicos sabiam que ele não era um bom candidato para aquela cirurgia, por causa do seu problema de diabetes e pressão alta. Mas, mesmo assim, continuaram com o procedimento. O advogado de Enrique, Spencer Aronfeld de Coral Gables disse:

? Isso está sendo devastador, doloroso e constrangedor.

Enrique alega que o anestesista, Dr. Laurentiu Boeru não avaliou adequadamente os riscos dessa cirurgia. De acordo com o site Miami Herald, que obteve registros que não estão disponíveis publicamente, o Dr. Paulo Perito resolveu o problema fora dos tribunais.

Milla tinha alguns problemas de saúde, incluindo a disfunção erétil, de acordo com os registros do tribunal. Ele, que tinha vivido em Miami há 40 anos, trabalhando em uma empresa de suprimentos médicos, recebeu a cirurgia em 2007, no Hospital Coral Gables.

Fonte: r7