Homem desliga telefone duas vezes na cara do papa por achar que era trote

Por acreditar que estava sendo vítima de um trote, Rabuffi desligou o telefone duas vezes na cara do pontífice.

O italiano Franco Rabuffi viveu recentemente uma situação que muitos católicos definiriam como uma bênção. Ele recebeu uma ligação do papa Francisco em pessoa, que queria confortá-lo depois de saber que Rabuffi estava doente. Uma não, três ligações. Mas o papa só conseguiu conversar depois da terceira tentativa. Por acreditar que estava sendo vítima de um trote, Rabuffi desligou o telefone duas vezes na cara do pontífice.

Ele só acreditou que o papa estava do outro lado da linha quando recebeu a terceira ligação do Vaticano. "Eu estava sem ter o que falar, mas Francisco veio ao meu socorro", declarou o italiano ao jornal l'Osservatore Romano, publicação oficial da Igreja Católica. O interlocutor do papa definiu a situação como "engraçada".

Francisco costuma ligar para as pessoas que lhe escrevem cartas ou cujos problemas se tornam conhecidos internacionalmente. Na quarta-feira (29), Franco Rabuffi compareceu à missa rezada pelo papa na Praça São Pedro, no Vaticano, e se desculpou pessoalmente por não ter inicialmente acreditado na veracidade da ligação.

Fonte: Brasil Post