Encontrado homem que se perdeu em deserto

O corretor de imóveis californiano Edward Rosenthal se perdeu em uma parte do parque Joshua Tree.



Perdido, o americano passou o tempo escrevendo em um chapéu

Um americano de 64 anos que estava fazendo uma caminhada em um parque nacional no oeste dos Estados Unidos foi encontrado vivo em um cânion em um deserto na quinta-feira, depois de ficar desaparecido por seis dias.

O corretor de imóveis californiano Edward Rosenthal se perdeu em uma parte do parque Joshua Tree, no sul do Estado da Califórnia.

Ele foi encontrado sem água nem comida por um helicóptero da equipe de resgate perto do meio-dia da quinta-feira e levado a um hospital.

Sua mulher, Nicole Kaplan, disse que ele pegou um caminho errado ao tentar voltar para a civilização e caminhou 21 km antes de parar e esperar por ajuda. "Eu não esperava encontrá-lo", disse ela em entrevista ao jornal Los Angeles Times.

Testamento no chapéu

A aventura do corretor começou no dia 24 de setembro, quando ele saiu para fazer uma trilha de um dia no parque.

Rosenthal caminhou por um dia e meio por dentro do cânion até que acabassem os cerca de quatro litros de água e a comida que tinha. Depois disso, decidiu esperar pelo resgate em um lugar seguro.

Apesar das altas temperaturas da região do parque, considerada um deserto, oficiais da equipe de resgate disseram que Rosenthal foi encontrado em bom estado de saúde, apesar de fraco.

Edward Rosenthal negocia imóveis antigos no centro de Los Angeles e é poeta.

Com uma caneta, ele escreveu no chapéu declarações de amor a sua esposa e a sua filha, conselhos para os colegas de trabalho, um testamento, instruções para seu funeral e para a doação de seu dinheiro a instituições.

Fonte: MSN, www.msn.com.br