Homem mata gatos, pendura corpos em árvore e é preso em NY

Homem mata gatos, pendura corpos em árvore e é preso em NY

A Sociedade de Prevenção à Crueldade Animal do condado de Westchester acusou o americano em descartar os corpos dos gatos de forma ilegal

Um homem foi preso nesta terça-feira depois de ser procurado pela polícia de Nova York durante sete meses por matar e pendurar corpos de 25 gatos dentro de sacos de lixo numa árvore da cidade. A crueldade foi tão comentada que usuários da internet e defensores dos direitos dos animais que chegaram a unir US$ 25 mil (cerca de R$ 50 mil) para a recompensa da captura do assassino. As informações são do The Huffington Post e PZ feed.


Rene Carcamo, 60 anos, foi detido e acusado de ligação com a morte dos animais. No entanto, pagou fiança de US$ 5 mil (cerca de R$ 10 mil) e foi liberado. A Sociedade de Prevenção da Crueldade aos Animais (SPCA) acusou Carcamo de atrocidade e afirmou que, durante a investigação, foram encontrados dois gatinhos doentes em sua posse.

Depois da detenção do assassino, a SPCA foi para o seu apartamento e removeu mais cinco gatos, alguns deles com doenças.

A Sociedade de Prevenção à Crueldade Animal do condado de Westchester acusou o americano em descartar os corpos dos gatos de forma ilegal. Segundo autópsias dos corpos, os animais estavam mortos quando foram colocados nas sacolas.

Para encontrar o paradeiro do americano, pessoas fizeram doações – inclusive o baixista da banda Black Sabbath, Geezer Butler.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: TERRA