Homem mata mulher porque ela atendeu ao telefone durante sexo

Homem mata mulher porque ela atendeu ao telefone durante sexo

Segundo ação, ele confessou a vizinho que matou mulher estrangulada

Um homem de Milwaukee, nos Estados Unidos, é acusado de matar uma mulher porque ela atendeu ao telefone enquanto os dois estavam fazendo sexo, segundo o site da rede americana ABC.

Uma queixa-crime apresentada no Condado de Milwaukee pede a prisão de Garron Lewis, de 46 anos, por homicído doloso pela morte de Sharron Dorsey, 44, durante o feriado de Ação de Graças nos EUA.

Segundo a ação, após o crime, no dia 27 de novembro, Lewis foi à casa de um vizinho chorando e confessou que tinha matado Dorsey. Quando o homem perguntou a razão, ele teria dito que matou a mulher porque ela atendeu ao telefone durante o sexo.

Ele teria ainda confessado a um investigador que estrangulou a mulher usando o próprio cinto dela.

Exames mostraram que Dorsey morreu por asfixiamento após ter sido estrangulada.

Fonte: g1, www.g1.com.br