Homem se mata após montar uma creche ilegal e abusar de crianças

Homem se mata após montar uma creche ilegal e abusar de crianças

O advogado de defesa afirmou que John Burbine, um criminoso sexual condenado

O homem morreu em um hospital depois de uma tentativa de suicídio na cadeia onde estava detido algumas horas antes.

O advogado de defesa afirmou que John Burbine, um criminoso sexual condenado, tentou se enforcar em sua cela durante intervalos de 20 minutos, e só parava quando os policiais invadiam o espaço.

Burbine, de 50 anos, não tinha pulso quando foi encontrado, mas conseguiu ser reanimado e o trabalho para manter sua pulsação e respiração constantes foi contínuo no hospital. Entretanto, acabou falecendo.

A morte do criminoso será investigada por autoridades da prisão e policiais estaduais do distrito de Middlesex.

A acusação de Burbine incluía o molestamento de crianças de 3 anos de idade, durante 8 dias, em uma creche de sua esposa em um subúrbio de Boston. Os promotores alegam que isso aconteceu quando Burbine estava substituindo sua esposa, trabalhando como cuidador das crianças.

Burbine, que ainda foi acusado de filmar-se molestando as crianças, tinha se declarado inocente em dezembro de 2012 e estava sob fiança de R$ 2,5 milhões. Ele se ofereceu, no ano passado, passar pela castração em troca de uma sentença mais leva, mas foi rejeitado.

Ele foi condenado por atentado violento ao pudor e designado como agressor sexual Nível I, a categoria que é considerada menos provável de reincidir.

Fonte: Huffingtonpost