Homem sofre uma terrível reação alérgica ao ser picado por aranha

Homem sofre uma terrível reação alérgica ao ser picado por aranha

Ele começou a ver seus braços, tronco e coxas desenvolverem bolhas e inflamações 10 dias após ter entrado em contato com as toxinas do aracnídeo

A erupção cutânea ocorreu em um homem no sul da França após ser picado por uma aranha.

Ele começou a ver seus braços, tronco e coxas desenvolverem bolhas e inflamações 10 dias após ter entrado em contato com as toxinas do aracnídeo.

Relatou-se que o paciente tinha 66 anos de idade. Ele deu entrada no hospital de Nice dois dias após a picada, apresentando febre alta, fadiga e cansaço, mas os médicos não constataram nada além disso, nem mesmo pontos negros que caracterizam necrose após picada de aranhas venenosas.

O paciente piorou seu estado e desenvolveu inflamações por quase todo o corpo. As lesões se espalharam e ele foi diagnosticado com Pustulose Exantemática Generalizada Aguda (PEGA).

PEGA é, normalmente, induzida pela ingestão de antibióticos. No entanto, ?este não era o caso do nosso paciente, que recebeu apenas paracetamol e não havia demonstrado nenhum tipo de reação ao medicamento?, afirmam os médicos do caso.

Além das lesões, o paciente apresentava sensação de queimaduras dentro dos músculos. Os testes de laboratórios não conseguiram determinar a causa, além de mostrar que não havia nenhuma lesão em seus rins. Outro exame mostrou que seus vasos sanguíneos estavam inflamados e necrosados.

Além da PEGA, ele estava sofrendo de PAN (Periarterite Nodosa), uma condição grave em que os vasos sanguíneos e artérias ficam inchadas e danificadas.

Os médicos, após pesquisarem as possíveis causas, descobriram que existem estudos que apontam que a PAN e a PEGA podem desenvolver em animais que recebem as toxinas de aranha marrom pela veia, mas nunca foi relatado que uma pessoa poderia desenvolver as mesmas doenças recebendo uma ?simples? picada da aranha.

?Até onde sabemos, essa é a primeira descrição de um caso associando sinais de PAN e PEGA após picada de aranha marrom?, afirmaram os médicos.

O paciente foi tratado com doses altíssimas de corticoides orais para reduzir a inflamação e sua condição melhorou rapidamente. Em apenas 5 dias, as erupções na pele desapareceram e ele conseguiu se recuperar plenamente, de acordo com relatórios divulgados na revista La Presse Médicale.

Fonte: LiveScience