Homens armados libertam presos e matam quatro

Homens armados libertam presos e matam quatro

Um grupo de homens armados libertou centenas de presos no norte da Nigéria, incluindo cerca de 150 supostos membros da seita islamita Boko Haram, deixando quatro mortos, informou nesta quarta-feira um guarda da prisão de Bauchi.

Segundo o chefe da polícia do estado, quatro pessoas morreram no enfrentamento aos homens armados. "Havia 762 detentos quando o ataque começou", disse à AFP Mohamed Ahmed, diretor da prisão. "Escaparam 732 e ficaram 30".

"A prisão ficou praticamente vazia, os agressores libertaram quase todos os presos", disse à AFP Salisu Mohamed.

De acordo com o segurança, apenas 37 dos mais de 900 detentos mantidos nas celas permanecem presos, e que somente um dos cerca de 150 supostos membros da Boko Haram, conhecidos como "talibãs nigerianos", não fora libertado.

"Eram muitos e estavam bem armados. Começaram a disparar na entrada da prisão", relatou Mohamed.

"Nós os enfrentamos, mas eles estavam melhor armados. Alguns de nós foram atingidos pelos disparos, enquanto outros fugiam", acrescentou.

O norte da Nigéria é predominantemente muçulmano, enquanto que no sul a maioria é cristã.

Fonte: Terra