Indiciados 5 homens pelo estupro coletivo de fotojornalista na Índia

Indiciados 5 homens pelo estupro coletivo de fotojornalista na Índia

Os cinco homens a abordaram no bairro de Shakti Mills quando a moça fotografava prédios antigos. Os agressores espancaram seu colega e a estupraram

Cinco homens foram indiciados nesta quinta-feira (19/9) pelo estupro coletivo de uma fotógrafa em Mumbai, sudoeste da Índia, uma agressão que desatou em agosto passado uma nova onda de indignação na Índia. Quatro adultos, descalços e com aspecto desalinhado, compareceram ante um tribunal de Mumbai, onde foram acusados de estupro coletivo, entre outras acusações.

Fotógrafa de 23 anos é vítima de estupro coletivo em Mumbai, na Índia

Bebê de sete meses é estuprada na cidade El Alto, na Bolívia

Policial da União Europeia é morto a tiros na região norte de Kosovo

Um quinto suspeito, menor de idade na ocasião dos fatos, ocorridos em 22 de agosto, fo indiciado ante um tribunal para menores. Eles são suspeitos de terem estuprado em um bairro elegante de Mumbai uma mulher de 22 anos, que tirava fotos para uma revista na companhia de um colega de trabalho. A jovem ficou hospitalizada uma semana por múltiplos ferimentos.

Os cinco homens a abordaram no bairro de Shakti Mills quando a moça fotografava prédios antigos. Os agressores espancaram seu colega e estupraram a fotógrafa. Em dezembro passado, um grupo de homens agrediu e estuprou uma estudante de 23 anos em Nova Délhi e também espancaram seu namorado. A jovem morreu em consequência dos ferimentos. Quatro dos cinco agressores foram condenados à morte por estupro e homicídio.

Fonte: Correio Braziliense