Inundações deixam quatro mortos e centenas de desaparecidos nos EUA

O número de mortos pelas fortes inundações nos últimos dias aumentou para quatro pessoas e que o número de desaparecidos ultrapassa duas centenas

As autoridades do estado de Colorado, nos Estados Unidos, confirmaram neste sábado que o número de mortos pelas fortes inundações registradas nos últimos dias aumentou para quatro pessoas e que o número de desaparecidos já ultrapassa duas centenas.

As autoridades locais confirmaram hoje as mortes de um casal de namorados em Boulder, ambos de 19 anos, e um homem em Jamestown, uma cidade montanhosa que ficou totalmente destruída pelas chuvas torrenciais. A outra morte confirmada foi a de um homem em Colorado Springs, cidade a 100 quilômetros ao sul de Denver.

O chefe de polícia de Boulder, Mark Beckner, indicou que ainda há 218 pessoas desaparecidas nessa cidade, detalhando que esse número envolve indivíduos "que não puderam estabelecer contatos com seus parentes".

Já porta-voz do Departamento de polícia de Boulder, Kim Kobel, assinalou que muitos dos desaparecidos poderiam ter morrido devido às inundações.

A destruição causada pelas fortes chuvas dos últimos dias não tem precedentes históricos neste estado da zona oeste dos Estados Unidos e, por isso, os moradores das cidades de Jamestown e Lyon tiveram que ser evacuados.

O presidente americano, Barack Obama, declarou estado de emergência para os condados de Boulder, Larimer e El Paso, assim como já havia anunciado a Agência Federal de Emergências (Fema).

Mais de 250 membros desta agência começaram hoje uma operação nos 14 condados do Colorado afetados pelas severas inundações para localizar as centenas de desaparecidos.

No entanto, para dificultar ainda mais a situação das equipes de resgate, as previsões meteorológicas anunciam mais chuvas intensas para este domingo.

Fonte: Terra