Japonesa morre após ser forçada a beber bastante água em exorcismo

Segundo a polícia de Kumamoto, no sul do país, o episódio aconteceu no dia 21 de junho.

Três pessoas foram presas no Japão depois de forçarem uma mulher a beber uma quantidade excessiva de água durante uma seção de exorcismo, o que acabou provocando a morte da vítima, de acordo com informações da agência Japan Today.

Segundo a polícia de Kumamoto, no sul do país, o episódio aconteceu no dia 21 de junho. Na ocasião, Eiko Noda, 81 anos, teria comandado o exorcismo com a ajuda de duas pessoas, incluindo o marido de Rie Fukuda, Kousa, que é um professor na Universidade de Sojo, relatou a Fuji TV.

Durante a cerimônia, Rie Fukuda teria sido mantida presa à força, enquanto grande quantidade de água era despejada pela sua garganta. A vítima acabou morrendo sufocada, já que não conseguiu respirar.

De acordo com a polícia, Noda tem praticado seções de exorcismo nos últimos 30 anos, e teria visitado a residência da família Fukuda anos atrás para expulsar os espíritos malignos da casa.

Fonte: Terra