Jovem britânica morre atropelada por trem porque usava fones de ouvido

Maquinista afirma que tentou alertar a adolescente, mas era tarde demais

Uma estudante de 15 anos foi atropelada e morta por um trem porque usava fones de ouvido no momento do acidente e, dessa forma, não conseguiu ouvir o sinal sonoro que alertava sobre a passagem de veículo. O acidente ocorreu em Hertfordshire, na Inglaterra.


Jovem britânica morre atropelada por trem porque usava fones de ouvido

Segundo o tabloide britânico Daily Mail, o caso foi aberto nesta quinta-feira (16) em um tribunal da cidade.

A vítima, Katie Littlewood, provavelmente estava ouvindo músicas enquanto passava pela passagem de nível para pedestres no dia 28 de janeiro do ano passado, o que a impediu de ouvir o trem, que chegava em alta velocidade.

Os fones, o tocador de músicas e o celular de Katie, que ela havia acabado de usar para enviar uma mensagem de texto para irmã, foram encontrados próximos ao corpo da garota.

O juiz do tribunal ouviu que Steve Trumm, o maquinista que dirigia o trem, soou a buzina, o que fez com que Katie chegasse a se virar, mas era tarde demais. A jovem morreu na hora.

A adolescente, descrita como "amável e feliz", estava caminho do trabalho, a Fundação Britânica do Coração, pouco antes do meio-dia.

Aos domingos, ela também trabalhava em uma instituição de caridade para animais.

Em 2002, uma senhora de 81 anos foi morta no mesmo local onde Katie morreu, enquanto perseguia um cachorro que corria em direção à linha das composições. Desde então, sinais de alerta, uma buzina e luzes piscantes foram instalados no cruzamento.

A polícia de transporte britânica confirmou que os sinais de alerta estavam funcionando corretamente no momento do acidente. A audiência continuará nos próximos dias.

Fonte: r7