Jovem cancela festa após 21 mil confirmarem presença

A polícia da cidade de 30 mil habitantes organizou patrulhas na rua da jovem para evitar tumultos

Uma adolescente britânica teve que cancelar sua festa de aniversário depois que o convite se tornou público no Facebook e 21 mil usuários confirmaram presença no evento. Rebecca Javeleau, moradora da cidade de Harpenden (ao norte de Londres), alertou a polícia, temendo que uma multidão provocasse tumulto na festa, destinada inicialmente para apenas 15 convidados no pequeno flat do pai da adolescente.

Segundo a imprensa britânica, Rebecca colocou seu endereço e telefone por engano no convite virtual postado no Facebook. Em poucas horas, 21 mil pessoas clicaram no botão de "rsvp" do evento (usado para confirmar presença), incluindo perfis falsos de celebridades como Justin Bieber, Susan Boyle, Stephen Hawking e Stevie Wonder.

Festa "histórica"

A mãe de Rebecca cancelou a festa da filha - marcada para 7 de outubro - e removeu o post do evento no Facebook. Mas outros usuários criaram novos grupos para divulgar a festa, falsos perfis da adolescente e até circularam fotos de Rebecca pela web. Uma das páginas continha um comentário: "Sua festa vai entrar para a história".

Em resposta, segundo a imprensa britânica, a polícia da cidade de 30 mil habitantes organizou patrulhas na rua da jovem para evitar tumultos. A mãe da adolescente, Rebecca Livesey, ficou furiosa tanto com a filha quanto com o Facebook. "Ela não percebeu que estava criando um evento público. Eles (o Facebook) deveriam fazer com que fosse óbvio que um evento criado não vai (ser divulgado) apenas para os seus amigos, mas para todo o site", disse a mãe ao jornal The Daily Telegraph.

Trocando de telefone

A adolescente teve que trocar seu número de telefone para parar de receber trotes e foi punida por sua mãe com a perda do acesso à internet. Acionado pela polícia, o Facebook não tomou providências, disse Livesey ao The Daily Telegraph. Um porta-voz da rede social disse que as configurações de "eventos" no site estão em local separado das configurações de privacidade dos usuários e que fica "claro" que eventos divulgados podem ser vistos por todos os usuários do Facebook.

Em fevereiro, erro semelhante cometido por outra adolescente britânica resultou em tumulto e vandalismo em sua casa, no condado metropolitano de Merseyside (onde fica a cidade de Liverpool), no oeste da Inglaterra.

Fonte: Terra, www.terra.com.br