Jovem é preso por ofender criança de 5 anos assassinada

Jovem é preso por ofender criança de 5 anos assassinada

A menina desapareceu no dia 1º de outubro, quando entrou em uma van perto de sua casa.

Matthew Woods, de 19 anos, foi preso por postar comentários ofensivos no Facebook. O jovem britânico escreveu mensagens abusivas sobre a pequena April Jones, de 5 anos, que foi sequestrada e assassinada recentemente. O garoto fez piadas tão maldosas que cerca de 50 pessoas foram à porta da casa dele, em Lancashire, na Inglaterra, para protestar.

A menina desapareceu no dia 1º de outubro, quando entrou em uma van perto de sua casa, em Machynlleth, no País de Gales. Ela sofria de paralisia cerebral e isso ajudou a comover pessoas de todo o Reino Unido. Pouco tempo depois, no fim da última semana, Mark Bridger, de 46 anos, foi identificado como o bandido responsável pelo crime e acabou sendo preso no último domingo (7/10).

Mas isso não acabou com a polêmica em torno do caso. Provavelmente irritado com a grande repercussão do assassinato da menina e dos compartilhamentos sobre a história nas redes sociais, Woods foi ao Facebook para desabafar. E passou dos limites. Tanto que a polícia foi até a sua casa, no último sábado (6/10), e o prendeu.

?Quem em sã consciência sequestraria uma garota ruiva??, ?Acho que comecei a maior discussão do Facebook na história. April Fools (Primeiro de Abril, em inglês, fazendo uma ironia com o sobrenome da menina), quem quer Maddie (outra criança desaparecida que ficou famosa na Europa há alguns anos)?? e ?Acordei em uma van com duas meninas lindas, encontrei April em um estado sem esperança? foram algumas das mensagens que Woods publicou no seu Facebook. Algo inadmissível para o promotor Bill Hudson.

?As palavras e referências que ele usou para os casos do País de Gales e da menina desaparecida em Portugal são chocantes e não parecem de uma pessoa que pensa direito. Ele não pode se comunicar assim com a comunidade, causando medo e irritação. A razão para ele ser preso é de isso ter sido uma situação em que a sociedade foi ferida e merece uma punição severa por isso?, garantiu, em entrevista à rede de televisão "BBC".

No julgamento, o garoto admitiu ter feito as ofensas e recebeu uma pena de 12 semanas na cadeia. Os advogados afirmaram que o garoto sentiu muito remorso, mas isso não o livrou de passar os próximos três meses na prisão.

Fonte: tech tudo