Kate Middleton e o Príncipe William deixam hospital e apresentam "bebê real" para o mundo

Kate Middleton e o Príncipe William deixam hospital e apresentam "bebê real" para o mundo

Kate e William seguravam o bebê nos braços enquanto posavam para fotos de jornalistas e fãs

Kate Middleton e o Príncipe William deixaram o hospital St. Mary na tarde desta terça-feira (23) com seu primeiro filho, o "bebê real", que nasceu na última segunda. O casal saiu pela entrada principal da ala Lindo do hospital St. Mary por volta das 19h15 de Londres (15h15 de Brasília).

Sorridentes, Kate e William seguravam o bebê nos braços enquanto posavam para fotos de jornalistas e fãs. O Príncipe revelou que os dois não escolheram um nome para a criança: "Nós ainda estamos pensando no nome".

"Ele tem um ótimo par de pulmões, com certeza. Ele é um bom menino, bem pesado", acrescentou o Duque de Cambridge. Ele ainda brincou com a perda de seus cabelos e se comparou com o menino. "Ele tem bem mais do que eu", disse.

Já Kate falou sobre o nascimento. "Foi muito emocionante, é um momento muito especial para qualquer pai". No momento da saída, a Duquesa usava um vestido de crepe de seda azul claro com bolinhas brancas, da estilista britânica Jenny Packham, segundo o "The Guardian".

Depois de falar com a imprensa e com o público, os novos pais voltaram para dentro do hospital para então colocar a criança no carro e partir, com o próprio William conduzindo o veículo.

Os três irão diretamente ao Palácio de Kensington, a residência oficial do casal, segundo informações divulgadas no Twitter oficial da realeza. Foi nesse palácio que morou Diana, mãe de William e Harry.

O menino, cujo nome ainda não foi divulgado, nasceu às 16h24 de Londres (12h24 no horário de Brasília), com 3,8 quilos, e será o terceiro na linha de sucessão ao trono britânico, atrás de seu avô paterno, o príncipe Charles, e de seu pai, o príncipe William.

Mais cedo, Kate, William e o bebê receberam as visitas dos avós da criança. Os primeiros a chegar foram Carole e Michael Middleton, os avós maternos. A mãe da Duquesa de Cambridge estava "encantada" com o neto. "Ele é absolutamente lindo! Os dois estão muito bem e estamos muito felizes", afirmou. A avó disse também que segurar o bebê pela primeira vez foi "incrível" e que se lembrou da época em que deu à luz aos filhos.

Pouco depois, o Príncipe Charles chegou ao hospital acompanhado da mulher, Camilla Parker-Bowles. Ao falar com a imprensa e o público ao deixar o local, por volta das 14h (horário de Brasília), ele deu a entender que logo o neto seria apresentado. "Vocês verão em um minuto", falou, segundo a emissora britânica BBC.

A cabeleireira da realeza Amanda Cook Tucker também foi vista entrando no hospital, o que fez a imprensa internacional especular que ela estaria preparando Kate para a saída da maternidade. Ela chegou acompanhada de uma assistente, carregando uma mala e um assento de bebê. Amanda é há anos responsável por cortar os cabelos de William e Harry e também costuma preparar os cabelos da Duquesa para eventos.

Durante a manhã, o Twitter da realeza declarou que "mãe, filho e pai passam bem". E os duques de Cambridge divulgaram um comunicado agardecendo o "enorme cuidado" que receberam da equipe do hospital e a compreensão de "funcionários, pacientes e visitantes" durante essa fase.

Repercussão

Na segunda, o Príncipe Charles, divulgou declaração oficial em que comemora o nascimento do primeiro filho do casal. "[Estou] enormemente orgulhoso e feliz de me tornar avô pela primeira vez... [é] um momento incrivelmente especial para William e Catherine e nós estamos contentes por eles com o nascimento do menino. Eu e minha mulher, Camila (duquesa de Cornwall) estamos muito felizes com a chegada do meu primeiro neto", completou.

Charles ainda filosofou sobre a alegria de se tornar avô: "Ser avô é um momento único na vida de qualquer um, inúmeras pessoas já tinham me dito isso nos últimos meses. Espero ansiosamente para ver o bebê num futuro próximo".

Já o príncipe William afirmou: "Não poderíamos estar mais felizes", segundo a imprensa local.

O primeiro ministro britânico, David Cameron, também manifestou-se sobre o nascimento. "Estou encantado que o filho do duque e da duquesa nasceu. O país todo vai celebrar. Eles serão pais maravilhosos", afirmou o primeiro ministro no Twitter.

Charles Spencer, irmão mais novo de Diana e tio-avô do filho de Kate e William, também manifestou animação com o nascimento do herdeiro real em um comunicado enviado à revista "US Weekly". "Nós estamos muito felizes. É uma notícia maravilhosa", afirmou.

Comemorações do nascimento

Londres celebrou hoje o nascimento com mais de 100 tiros de canhão e o repique dos sinos da abadia de Westminster.

Da Torre de Londres, a Honorável Companhia de Artilharia disparou uma salva de 62 tiros de canhão, presenciada por dezenas de turistas, enquanto uma bateria da Real Artilharia Montada disparava outros 41 tiros do Green Park, vizinho ao Palácio de Buckingham.

Os sinos da abadia de Westminster, onde em 2011 os duques de Cambridge se casaram, tocaram durante três horas, assim como os de outras igrejas do país que também festejam o nascimento do "bebê real".











Fonte: UOL