Localizado asteróide que se aproxima da Terra a cada 3 anos

O cientista afirmou ser difícil calcular a trajetória desse tipo de objeto, pois sua rota é alterada conforme a força gravitacional dos planetas

Um asteróide que a cada três anos passa junto ao planeta Terra foi localizado por um cientista russo. Vladimir Lipunov, professor na Universidade Estadual de Moscou, afirma que o asteróide '2014 UR116' não traz riscos imediatos ao planeta, mas que, em uma eventual colisão poderá provocar uma explosão mil vezes maior do que a que aconteceu em 2013, na cidade russa de Chelyabinsk.

De acordo com o cientista, a rota desse tipo de objeto espacial é difícil de calcular, já que sua trajetória se altera em função da força gravitacional dos planetas. "Temos que estar atentos a este asteroide permanentemente porque o menor erro nos cálculos pode ter consequências graves", avisa o cientista.


Sobre o '2014 UR116', a NASA emitiu um comunicado: "Este asteroide de aproximadamente 400 metros tem um período orbital de três anos à volta do sol e regressa periodicamente à vizinhança da terra, mas não representa uma ameaça porque a sua trajetória não passa suficientemente perto da órbita do planeta".

A notícia surge em um momento que cientistas de todo o mundo se uniram num aviso em relação aos asteroides, considerando que estes podem ser o princípio do fim da Humanidade a não ser que se intensifiquem os esforços para os localizar e destruir, pedindo a criação de um sistema de detecção de asteroides.

Fonte: Administradores.com.br