Maconha será vendida nas farmácias do Uruguai a partir de agosto de 2014

Maconha será vendida nas farmácias do Uruguai a partir de agosto de 2014

País deve começar a comercializar a erva, após comércio e cultivo da terem sido aprovados na Câmara

A partir de agosto do ano que vem, a maconha deve passar a ser vendida em farmácias no Uruguai. O consumo já não é crime no país e, no fim de julho, a regulamentação do comércio e do cultivo da erva foi aprovada por 50 votos a 49, na Câmara. O governo agora espera que o projeto seja aprovado pelo Senado em novembro.

Segundo o secretário-geral da Junta Nacional de Drogas, Julio Calzada, a produção anual de maconha no Uruguai será de 22 toneladas. Em entrevista à televisão, Calzada disse que há diversos interessados na plantação - desde um cidadão comum até produtores do setor agrícola. Ainda segundo o secretário, se a produção ultrapassar o consumo, o excesso poderá ser usado em pesquisas de novos medicamentos à base de maconha, o que poderá levar com que novos laboratórios se instalem no Uruguai.

Se tudo correr como o esperado e o Senado votar em novembro a favor do projeto que regula o comércio e o plantio da maconha, estima-se que o produto estará nas farmácias em agosto de 2014, por um valor em torno de US$ 2,50, por grama. Maiores de 18 anos poderão comprar até 40 gramas por mês. O governo reconhece que há certa relutância na possibilidade de vender a erva, mas tem esperança que se entenda que não representa riscos à segurança das farmácias.

Fonte: O Globo