Mãe agride e quebra o crânio do filho bebê nos Estados Unidos

Bebê foi levado para um lar provisório, juntamente com os irmãos.

Uma atéria divulgada pelo site Mirror chococu o mundo pelo grau de crueldade. De acordo com a publicação, a auxiliar de enfermagem Peek Gaddis, 22 anos, está sendo acusada de espancar o seu filho, um bebê de apenas dois meses.

Image title

Segundo o Mirror, Peek queria dormir e a criança não parava de chora, por isso, começou a agredi-lá com socos na cebeça. Devido a intensidade dos socos, a criança sofreu uma hemorragia no cérebro. Ela encontra-se  presa e a fiança custa 15 mil dólares, cerca de 45 mil reais.

Ainda de acordo com a matéria, ela teria golpeado o filho. "As crianças são dons preciosos que Deus nos dá. E você ainda por cima é enfermeira", disse o juiz  juiz Ted Barry afirmando que ela não terá mais contato com os seus dois filhos.

O bebê, juntamente com os outros dois filhos, foi levado para um lar provisório. Já Peek será julgada no próximo dia 22 de junho. 

Fonte: Com informações do MSN