Mãe de 12 filhos, mulher de 39 anos diz ser viciada em 'parir'

Mandy teve o primeiro filho aos 16 anos de idade

Mandy, a " viciada em ter filhos ", tem 39 anos, e acaba de dar à luz seu décimo segundo filho. A mãe da cidade de Worthing, no Reino Unido, já passou 9 anos de sua vida grávida para ter suas sete meninas e cinco meninos com o marido, o também britânico Nathan.

A “super-mãe” participou de um programa britânico chamado “My Extraordinary Pregancy”, ou “Minha Gravidez Extraordinária”, em tradução livre para o português. Ao programa, ela admitiu ser viciada em ter filhos.

Depois de ter seu primeiro bebê aos 16 anos, Mandy não parou mais com seu “vício”. Hoje ela tem filhos de um a 23 anos. “Nem todas as gestações foram planejadas”, conta Mandy, que explica que eles têm apenas 12 filhos porque foram cuidadosos: “Mas cada uma delas se tornou um vício”.

Mandy, que se diz viciada em ter filhos  (Crédito: TLC)
Mandy, que se diz viciada em ter filhos (Crédito: TLC)

Diante de tantos bebês e crianças, ela afirma que o melhor momento é segurá-los pela primeira vez: “É magico! Encontrar quem esteve em sua barriga por nove meses e dar uma cara para aqueles chutes, eu amo isso!”

Se você pensa que ela tirou de letra o trabalho de parto e os primeiros cuidados com os bebês, está muito enganado. “Eu fiquei nervosa com o nascimento. Você acha que vai ficando mais fácil depois de ter vários, mas eles são muito diferentes e imprevisíveis a cada momento. Você nunca sabe o que vai acontecer, então isso me deixa nervosa”, confessa a britânica.

Além disso, ela diz ser bastante difícil ter um novo recém-nascido em casa, especialmente quando ela tem outras crianças para cuidar também. “Os primeiros três meses são um inferno, porque eu fico muito cansada”, declara Mandy que atualmente tem três filhos com menos de três anos.

É claro que os dois gostam de grandes famílias, mas ela afirma que Nathan, o marido, gosta de famílias maiores ainda e, por isso, sonhava ter 20 filhos. Mas, Mandy diz não aprovar essa vontade de Nathan. Apesar de se considerar uma viciada, o desejo dela é parar no décimo segundo filho, e não engravidar mais – pelo menos por enquanto, pois ela diz ter repetido isso nas últimas sete gestações.


Fonte: iG