Mãe e filhas que teriam sido mortas pelo marido mexicano são enterradas

O mexicano foi foi localizado e preso pela polícia norte-americana ao tentar deixar o país de carro

Foram enterrados, neste domingo, os corpos de Deisy Garcia, que tinha 21 anos, e das crianças Danielle, de 3, e Yoselin, de 1, que foram encontradas mortas a facadas na casa da família, no Queens, em Nova York. Elas teriam sido assassinadas pelo marido e pai, Miguel Mejias-Ramos, de 28 anos. O mexicano foi foi localizado e preso pela polícia norte-americana ao tentar deixar o país de carro.

Parentes, amigos e desconhecidos que ficaram sensibilizados com o crime participaram de uma missa em uma igreja evangélica em Juchanet, na Guatemala. O crime ocorreu no domingo, dia 19, mas os corpos das vítimas levaram cerca de uma semana para voltar ao seu país de origem. Mejias-Ramos teria assassinado sua família após ver uma foto da esposa ao lado de outro homem no celular.

Crime

Um tio de Deisy encontrou os corpos na noite de domingo (dia 19). A mulher estava no chão e as crianças em suas camas. Havia duas facas ensaguentadas perto das vítimas. Deisy havia chamado a polícia por queixas de violência doméstica duas vezes no último ano, em maio e novembro, mas Mejias-Ramos não foi preso porque ela desistiu de registrar as ocorrências.

Diana Villa, uma amiga dela da Igreja Nações Unidas em Cristo, disse ao jornal que Deisy tinha muito medo do marido. ?Ela pediu ajuda ao pastor. Eu disse a ela: ?Ligue para a polícia, eles vão te ajudar?. Mas ela não fez isso. Ela era (imigrante) ilegal?.


M綟 e filhas que teriam sido assassinadas pelo marido mexicano s縊 enterradas na Guatemala

M綟 e filhas que teriam sido assassinadas pelo marido mexicano s縊 enterradas na Guatemala

M綟 e filhas que teriam sido assassinadas pelo marido mexicano s縊 enterradas na Guatemala

M綟 e filhas que teriam sido assassinadas pelo marido mexicano s縊 enterradas na Guatemala

Fonte: Extra