Mãe viciou filha de 14 anos em cocaína, heroína e crack; saiba!

Mãe viciou filha de 14 anos em cocaína, heroína e crack; saiba!

Além de drogá-la, Brandi apresentou a filha a Robert Thomas Hannick, de 22 anos, que dava as substâncias à adolescente em troca de sexo

Uma história chocante levou à prisão de Brandi Baumgardner, de 38 anos, na Pennsylvania: ela é acusada pela filha, de 14 anos, de injetar drogas nela desde que tinha 12. Entre as substâncias que Brandi dava à menina, que não teve o nome divulgado, estão crack, cocaína e heroína. O caso foi publicado pelo jornal britânico Daily Mail, e a jovem está internada em uma clínica de reabilitação

De acordo com a polícia, a mãe começou a viciar a filha em drogas com maconha, quando ela tinha 12 anos, e depois partiu para substâncias mais pesadas, chegando à heroína quando a jovem completou 14. De acordo com a menina, a mãe injetava as drogas nela sempre que ela ficava ?mal demais? para fazer sozinha, e teria feito isso mais de 200 vezes.

Além de drogá-la, Brandi apresentou a filha a Robert Thomas Hannick, de 22 anos, que dava as substâncias à adolescente em troca de sexo. Os dois tiveram relações três vezes, e Hannick, que também foi preso, negou a acusação.

A adolescente contou à polícia que a mãe a obrigava a se fingir de doente para que elas conseguissem prescrição médica em hospitais para comprar determinados remédios, incluindo um analgésico chamado Fentanyl, que pode ser 100 vezes mais forte que a heroína vendida por traficantes.

A mãe da jovem admitiu que ela e a filha tinham problemas com dependência e confessou que chegou a dar drogas à jovem quando ela não tinha condições de tomá-las por si mesma. Ela foi processada por dano ao bem-estar de um menor e corrupção de menores, e o julgamento do crime começa no dia 21 de junho.

Hannick foi processado por abuso sexual e atentado ao pudor agravado de corrupção de menores.

Fonte: Extra