Malaysia Airlines descarta os sobreviventes em avião desaparecido: "temos que aceitar realidade"

Malaysia Airlines descarta os sobreviventes em avião desaparecido: "temos que aceitar realidade"

"Temos que aceitar a dolorosa realidade da perda do voo MH370 e que não há sobreviventes", afirmou Nor Yusof, diretor da companhia aérea

Os representantes da companhia aérea Malaysia Airlines descartaram nesta terça-feira que sejam encontrados sobreviventes do voo MH370, que supostamente caiu no mar no sul do Oceano Índico.

"Após 17 dias e baseados nas evidências, temos que aceitar a dolorosa realidade da perda do voo MH370 e que não há sobreviventes", afirmou Nor Yusof, diretor da companhia aérea, em entrevista coletiva em Kuala Lumpur.

Ahmad Jauhari Yahya, executivo-chefe da Malaysia Airlines, reafirmou que as "evidências" indicam que o avião desaparecido caiu no sul do Oceano Índico, mas ainda não foi confirmada a identificação dos destroços da aeronave.

Ontem, o governo malaio confirmou que o Boeing 777, desaparecido desde 8 de março, caiu no Oceano Índico. "Com profunda tristeza e dor, devo lhes informar que, segundo esses novos dados, o voo MH370 terminou no sul do Oceano Índico", declarou o primeiro-ministro malaio, Najib Razak, em entrevista coletiva.

O chefe de governo afirmou que uma nova análise de dados coletados por satélites situava a última posição do avião mar adentro, frente à costa ocidental da Austrália, longe de qualquer pista de aterrissagem.

Fonte: Terra