Médico opera a si mesmo por apendicite durante expedição

Ele não teve dificuldade em diagnosticar apendicite aguda.

Durante uma expedição à Antártida na década de 1960, o médico russo Leonid Rogozov ficou gravemente doente. Rogozov precisava ser operado e, como único médico da equipe, sabia que somente ele próprio poderia fazer a cirurgia.Image title

O inverno polar se avizinhava quando o expedicionário de 27 anos começou a perceber os primeiros sintomas. Cansaço, fraqueza e náusea. Mais tarde, uma dor forte no lado direito de seu abdômen.

"Como cirurgião, ele não teve dificuldade em diagnosticar apendicite aguda", disse o filho de Rogozov, Vladislav, em entrevista à BBC. "Ele havia feito esse tipo de cirurgia muitas vezes, no mundo civilizado era uma operação de rotina".

No entanto, naquele momento, o médico estava muito longe do mundo civilizado. Rogozov integrava a sexta expedição soviética à Antártida, uma equipe de 12 homens cuja missão era construir uma base no Oásis Schirmacher.

Fonte: Com informações do BBC