Mendigo de 65 anos atacado por canibal de Miami passa por três cirurgias, mas está cego

Mendigo de 65 anos atacado por canibal de Miami passa por três cirurgias, mas está cego

Os dois estariam sob efeito de "sais de banhos", como são conhecidas drogas poderosas que misturam LSD e cocaína.

Médicos de um hospital público de Miami (Flórida, EUA) divulgaram fotos de Ronald Poppo, o sem-teto de 65 anos que teve parte do rosto devorada por Rudy Eugene, de 31, em um viaduto da cidade. Ronald perdeu metade da face no ataque. Os dois estariam sob efeito de "sais de banhos", como são conhecidas drogas poderosas que misturam LSD e cocaína.

De acordo com os médicos, a vítima do canibal (morto pela polícia no ataque) passa bem após três intervenções cirúrgicas, mas ele precisa de outras cirurgias. Nas reconstituições foi usada pele do pescoço e do couro cabeludo.

No ataque, Ronald teve os olhos seriamente comprometidos (o esquerdo foi removido e a direito tem pouca chance de ser recuperado, de acordo com uma médica do Jackson Memorial), perdeu grande parte do nariz e a testa está repleta de ferimentos profundos. Ele teve ainda uma costela quebrada e lesões no peito.

O ataque durou cerca de 20 minutos, mas não foram encontrados sinais de carne humana no estômago de Eugene, que também vivia nas ruas.

Ronald fala normalmente e diz se lembrar do ataque, mas não quer entrar em detalhes.




Mendigo de 65 anos atacado por canibal de Miami passa por 3 cirurgias, mas está cego

Fonte: O Globo