Metrô de Nova York descarrila e deixa um saldo de 19 pessoas feridas; veja

Um representante dos bombeiros disse na mesma entrevista coletiva que quatro dos 19 feridos tinham lesões "potencialmente sérias".

Dezenove pessoas ficaram feridas - quatro delas gravemente - na manhã desta sexta-feira quando um trem do metrô no bairro do Queens em Nova York, Estados Unidos descarrilou, em um incidente que obrigou os bombeiros a retirarem os passageiros por uma saída de emergência.

Quatro dos seis vagões do trem descarrilaram por causas que estão sendo investigadas, segundo Thomas Prendergast, o presidente da Autoridade Metropolitana do Transporte (MTA), em entrevista coletiva no local do acidente.

Um representante dos bombeiros disse na mesma entrevista coletiva que quatro dos 19 feridos tinham lesões "potencialmente sérias".

O incidente aconteceu na linha F às 10h24 locais (11h24 de Brasília) em um túnel na intersecção entre a rua 65 e a Broadway.

Os bombeiros usaram as saídas de emergência situadas nas calçadas da rua para descer e começar a retirar os passageiros.

O metrô que descarrilou levava aproximadamente mil passageiros, e a evacuação foi feita durante aproximadamente uma hora.

As imagens oferecidas por helicópteros de várias emissoras de TV mostraram dezenas de pessoas saindo do túnel a pé e várias sendo removidas em macas e cadeiras de rodas pelos serviços de emergência.

O acidente provocou grandes transtornos em várias linhas de metrô. Espera-se que o serviço esteja completamente normalizado para a hora do rush desta tarde.


Metrô de Nova York descarrila e deixa um saldo de 19 pessoas feridas

Bombeiros e funcionários do metrô usaram saídas de emergência situadas nas calçadas para descer e retirar os passageiros


Metrô de Nova York descarrila e deixa um saldo de 19 pessoas feridas

Equipes de resgate são vistas através da janela de um dos vagões descarrilados. Os passageiros deixaram o local por uma saída de emergência do túnel do metrô

Fonte: Terra